skip to Main Content

Decreto do governo vai adiar acordo ortográfico para 2016

Alvo de controvérsia e ressentimento entre os países de língua portuguesa, o novo acordo ortográfico deverá ter a implementação adiada no Brasil por meio de decreto. O assunto foi discutido em reunião entre representantes do Ministério das Relações Exteriores, Cultura, Educação e Casa Civil, mas a decisão caberá à presidente Dilma Rousseff, que dará a palavra final.

Como tradutores juramentados, somos diretamente afetados por essa decisão, pois as traduções têm que estar de acordo com a norma oficial, em todos os sentidos. Veja a íntegra da notícia aqui.

Back To Top
Search