skip to Main Content

Associação dos Tradutors Públicos do Paraná (ATPP) na mídia

 

Tradutores públicos juramentados comemoram data e falam sobre o ofício

O crescimento no número de jovens que vão estudar fora do País tem criado uma demanda: a versão e a tradução dos históricos escolares e diplomas dos estudantes. O trabalho é realizado especificamente por um tradutor público ou tradutor juramentado, como é chamado o profissional responsável pela tradução de documentos.

A profissão de tradutor público e intérprete comercial foi criada em 1943 pelo então presidente Getúlio Vargas, a partir do decreto 13.069. A seleção, habilitação e nomeação desses profissionais são feitas pelas Juntas Comerciais de cada estado por meio de concurso público. Cada profissional é responsável pelo arquivamento das traduções efetuadas, que passam então para o arquivo da Junta Comercial após a desistência ou morte do tradutor, já que são documentos públicos.

Além dos diplomas e históricos escolares, os tradutores públicos são responsáveis também pela passagem da língua estrangeira para a vernácula – ou vice-versa – de documentos como certidões de nascimento, casamento, divórcio e óbito, procurações, contratos sociais, estatutos empresariais, laudos técnicos, entre outros. Como intérpretes, atuam junto a tribunais, cartórios – no caso do casamento de um estrangeiro, por exemplo – negociações empresariais, etc.

Em 2012, depois de mais de 20 anos sem um novo concurso para a habilitação de novos tradutores juramentados para o Paraná, a Junta Comercial do Paraná (Jucepar) realizou uma seleção, em parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), que ampliou de 46 para 232 o número de profissionais, sendo que 228 se encontram na ativa. Segundo o presidente da Jucepar, Ardisson Naim Akel, a iniciativa, que atendeu à orientação do governador Beto Richa, teve objetivo de fomentar o comércio exterior no Estado. “Aumentamos o quadro de tradutores para apoiar as empresas e profissionais paranaenses em negociações com companhias e investidores estrangeiros”, ressalta.

Leia mais em: http://www.icnews.com.br/2013.10.04/negocios/tradutores-publicos-juramentados-comemoram-data-e-falam-sobre-o-oficio/

Back To Top
×Close search
Search